Política / Sociedade

A CDU critica aquilo que classifica de “aumento brutal” das tarifas em Sines

A comissão concelhia de Sines da CDU criticou o “aumento brutal das tarifas” relativas ao abastecimento de água, tratamento de águas residuais e recolha dos resíduos sólidos urbanos (RSU) em Sines. A Câmara de Sines refuta e diz que não houve aumentos.

Os novos tarifários, aprovados a 1 de outubro, durante reunião do executivo camarário, vão conduzir a um aumento destes serviços em mais de 100 por cento, até 2020, obrigando “os sinienses a pagar mais do que o dobro dos valores atuais”, refere a CDU em comunicado.

A revisão tarifária da maioria PS no executivo da Câmara Municipal de Sines vai “redundar num agravamento gigantesco dos valores pagos pelos munícipes”, explica o vereador da CDU, Hélder Guerreiro.

“Estamos a falar de aumentos entre os 120 e os 130 por cento e transversais a todos os escalões, inclusive no social o que é completamente incomportável”, acrescenta.

Artigo completo na edição em papel de 19 de novembro de 2015, n.º 658

Anúncios

Partilhe a sua opinião connosco

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s