Igreja / Jovializar por aí / Opinião

Homem e Homens d’O Leme

Por Paula Moreira de Carvalho,

O texto pessoano abre com uma referência ao Mostrengo, símbolo dos perigos, das forças da natureza, de tudo quanto objeta os propósitos do Homem… El-Rei D. João Segundo, por sua vez, personifica a determinação, a vontade dos portugueses cujo agente se encontra representado no homem d’ O Leme.

Manuel Malvar - 21/01/1942 – 07/08/2015

Manuel Malvar – 21/01/1942 – 07/08/2015

Afinal, parece-me haver aqui pontos de contacto neste jogo de conceitos. A vontade do homem d’O Leme é, e sempre foi, muito mais forte que todos os obstáculos, que a alma faz temer, e que aparecem a cada momento em que se avança na concretização do que, um dia, não terá passado de um sonho.

Imbuídos por valores de humildade, sacrifício, abnegação, altruísmo em prol de uma comunidade que precisava da imprensa para verbalizar as suas necessidades, nas suas múltiplas vertentes, quiseram por vontade do Homem do Leme construir uma nau cujos sonhos eram tecidos de luz, ultrapassando sempre correntes e marés…

Artigo completo na edição em papel de 05 de novembro de 2015, n.º 657

Anúncios

Partilhe a sua opinião connosco

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s