Sociedade

Obras de reparação do emissário submarino arrancaram no final de setembro

Está a decorrer a obra de reparação do Emissário Submarino da ETAR de Ribeira dos Moinhos, que tem como objetivo a substituição integral do troço inicial, numa extensão correspondente a 120 metros.

Reparação do Emissário Submarino da ETAR de Ribeira de Moinhos

Reparação do Emissário Submarino da ETAR de Ribeira de Moinhos

A empresa Águas de Santo André estima que as obras de reparação de parte do emissário submarino da Estação de Tratamento de Águas Residuais (ETAR) de Ribeira de Moinhos, em Sines, possam vir a estar concluídas antes do prazo inicialmente estabelecido.

De acordo com Manuel Lacerda, administrador da AdSa, a empreitada que tem um prazo de cinco meses, poderá ficar concluída mais cedo “para minorar os problemas causados pelas intempéries”.

A empreitada, que arrancou no final do mês de setembro, compreende a colocação de uma conduta, ao longo do areal, numa extensão de 120 metros que ficará ligada ao emissário submarino. Para isso, será necessário “efetuar o corte, demolição e remoção integral do troço existente para que não surjam problemas com o emissário no seu todo e que as águas residuais devidamente tratadas na ETAR de Ribeira de Moinhos cheguem a 2,4 quilómetros da costa e aí sejam lançadas no meio recetor”, explica o administrador.

Artigo completo na edição em papel de 22 de outubro de 2015, n.º 656

Anúncios

Partilhe a sua opinião connosco

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s