Coisas de Emigrante / Sociedade

Coisas de Emigrante: Verão quente

Gisela de Almeida - Coisas de Emigrante

Gisela de Almeida

Por Gisela de Almeida, em França

Falar do tempo que faz é a conversa habitual enquanto esperamos na fila do supermercado ou quando encontramos um vizinho. Este ano no entanto, com estranhos ou conhecidos, a conversa gira inevitavelmente em torno da meteorologia.

Em Julho do ano passado Annecy foi banhada por 27 dias de chuva e uma temperatura média de 18°C, por isso este ano estavamos desejosos de um verão menos primaveril. Mas rapidamente as queixas passaram a ser no sentido oposto.

Tivemos dias de 40°C e noites de 25°C que originaram restrições de rega, proibição de encher piscinas ou lavar automóveis e o esvaziamento de fontes públicas. A relva eternamente verde dos numerosos parques transformou-se numa espécie de palha
amarelada. Algumas árvores perderam folhas e os arbustos mais pequenos quase não resistiram ao calor.

Praia lacustre de Albigny, Annecy-le-Vieux, antes e depois da seca

Praia lacustre de Albigny, Annecy-le-Vieux, antes e depois da seca

 

Na vizinhança, gerou-se uma espécie de movimento espontâneo de rega solidária de plantas: ao final do dia cada um levava um balde ou um regador cheio para apagar a sede das plantas do parque atras do prédio.

Artigo completo na edição em papel de 06  de agosto de 2015, n.º 652

Anúncios

Partilhe a sua opinião connosco

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s