Sociedade

Quercus devolve onze aves recuperadas à natureza

Uma Águia de Asa Redonda, um Falcão Peregrino, uma Coruja do Mato e outra das Torres estão entre as onze aves selvagens que foram devolvidas à natureza no sábado passado, junto à praia do Almograve, Odemira, no âmbito do Dia Aberto do Parque Natural do Sudoeste Alentejano e da Costa Vicentina.

Após um período de reabilitação no Centro de Recuperação de Animais Selvagens de Santo André, onze aves voltaram ao seu habitat

Após um período de reabilitação no Centro de Recuperação de Animais Selvagens de Santo André, onze aves voltaram ao seu habitat

“A grande parte chegou ao centro através do SEPNA [Serviço de Proteção da Natureza e do Ambiente], da GNR, que foi contactado por quem encontrou estes animais”, explicou o coordenador do Centro de Recuperação de Animais Selvagens de Santo André (CRASSA), Dário Cardador.

Esta é a época do ano em que geralmente mais animais são enviados para este centro, que dá resposta a este tipo de situações detetadas em todo o Alentejo, estando atualmente em recuperação mais 50 aves no CRASSA, da Quercus.

Artigo completo na edição em papel de 16 de Julho de 2015, n.º 651

Anúncios

Partilhe a sua opinião connosco

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s