Opinião

Opinião: Tanto apetite por parede alheia!

Francisco Lobo de VasconcellosPor Francisco Lobo de Vasconcelos,

Esteve a decorrer durante algum tempo uma petição pública intitulada “Remoção de cabos de telecomunicação no centro histórico de Santiago do Cacém”. Esta petição, que, para além dos cabos de telecomunicações, deveria também incluir os cabos eléctricos, apareceu numa altura em que uma empresa de telecomunicações procedeu livremente e abusivamente à instalação de cabos pelas várias fachadas, particulares, em Santiago do Cacém.

Este “assalto” decorreu um Santiago do Cacém, mas poderia ter ocorrido em qualquer povoação do nosso país, onde estas empresas nos habituaram a colocar o que bem entendem nas nossas casas, sem autorização, sem respeito pela propriedade privada ou mínima noção estética e num total atrevimento e absoluto desacerto com as fachadas e os elementos arquitectónicos e decorativos que compõem os edifícios.

Se têm que passar esses cabos, ao menos que os façam passar discretamente, escondidos, da melhor maneira possível, utilizando cabos à cor da parede e com elementos de fixação de material e cor apropriados, sem danificar paredes, por vezes centenárias, e cuidadosamente tratadas pelos seus proprietários.

Artigo completo na edição em papel de 16 de Julho de 2015, n.º 651

Anúncios

Partilhe a sua opinião connosco

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s