Local

Lagoa de Santo André aberta ao mar durante dez dias

Os pescadores estão preocupados com o encerramento prematuro da Lagoa de Santo André. A APA garante que as condições eram favoráveis e que, apesar do período ter sido curto, a renovação correu bem.

Bastaram dez dias para a Lagoa de Santo André ficar fechada ao mar. O ano passado o processo de renovação das águas foi superior aos trinta dias mas, este ano, ficou aquém do desejável para a comunidade piscatória e entidades responsáveis pela gestão da reserva que reconhecem a existência de fatores prejudiciais.

“O dia foi bem escolhido e as condições em que se executou a operação eram favoráveis, com marés adequadas para favorecer a renovação da água, mas não conseguimos controlar as condições ambientais”, reconhece Isabel Pinheiro, da Agência Portuguesa do Ambiente, referindo-se ao vento e ondulação “que propiciaram a acumulação de areia junto à boca da lagoa e que conduziu a que o fecho fosse mais cedo do que o previsto”, adiantou a responsável que chegou a estimar um tempo de permanência de barra aberta de trinta dias.

Artigo completo na edição em papel de 21 de Maio de 2015, n.º 647

Anúncios

Partilhe a sua opinião connosco

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s