Igreja

Que “as searas cristãs do Alentejo” levem “o verde da esperança” ao “coração ressequido de tanta gente”

D. João Marcos afirmou este domingo na homilia da missa de entrada na Diocese de Beja como bispo coadjutor que “o Alentejo precisa de esperança” num tempo em se vive uma “retração de Deus”.

D. João Marcos - Diocese de Beja

“É tempo de as searas cristãs do Alentejo levarem o verde da esperança sobrenatural ao coração ressequido de tanta gente que, sendo embora religiosa, não experimenta que o céu existe, mesmo, que Deus não é uma ideia abstrata e inconsistente, mas a fonte de toda a realidade”, disse D. João Marcos.

Para o bispo coadjutor de Beja, “o Alentejo precisa de esperança, precisa de cristãos que vivam seriamente a fé e a caridade para puderem dar testemunho credível da esperança cristã”.

Na homilia da missa no seminário diocesano, presidida pelo bispo de Beja D. António Vitalino, D. João Marcos desafiou os cristãos a não reduzir do cristianismo a “práticas religiosas inconsequentes” ou a uma “moral que os pagãos consideram desumana”.

Artigo completo na edição em papel de 04 de Dezembro de 2014, n.º 636

Partilhe a sua opinião connosco

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.