Igreja / Opinião

Os sistemas educativos em crise

Opinião - Vitalino DantasPor António Vitalino Dantas, Bispo de Beja

Os sistemas educativos parecem estar mergulhados em profunda confusão de modelos, a começar pela família.

Por motivos profissionais e económicos adia-se a maternidade e paternidade, até já se fala em congelar os óvulos e o esperma, para serem fecundados mais tarde, como se tudo fosse apenas um processo biológico, pondo de parte a importância de fatores psicológicos e afetivos para a educação dos seres humanos.

A seguir vem a escola, que deveria ser uma ajuda aos pais e às crianças no processo da sua socialização e não apenas uma aprendizagem de conteúdos, cada vez mais na área da matemática, das ciências e menos na arte de pensar e de se relacionar com pessoas da nossa cultura e de outras culturas linguísticas.

Apenas o inglês, mais por motivos económicos que culturais, se salva neste babel cultural.

Artigo completo na edição em papel de 6 de Novembro de 2014, n.º 634

Partilhe a sua opinião connosco

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.