Cultura / Economia / Opinião / Política / Sociedade

Contar ou não contar com as pessoas, eis a questão.

Opiniao Mario Primo

Encenar e professor, em Vila Nova de Santo André

Por Mário Primo

Nascido em Outubro de 1988 na Escola Secundária de Santo André, ao GATO nunca lhe bastou a condição de grupo escolar.

Ambicionava crescer, experimentar e descobrir sem as limitações programáticas e as barreiras próprias da estrutura e do funcionamento da escola. Desde o primeiro momento, o grupo estruturou-se em termos da estabilidade, da persistência e da motivação dos seus protagonistas que permitisse o tempo dilatado para “perder”, a liberdade para seguir rumo ao desconhecido e a procura de níveis elevados de exigência em todas as suas actividades.

Ao longo destes 26 anos o percurso do grupo deixou marcas na memória colectiva desta região com iniciativas arrojadas, quase sempre desenvolvidas em condições financeiras difíceis, mas com um projecto claro assente na convicção e na paixão pelo teatro e num património insubstituível de vontades e de convicção dos seus elementos.

Deste modo, foi possível concretizar actividades de grande qualidade, apesar dos escassos recursos disponíveis, graças ao trabalho colectivo e solidário, à dedicação individual, à exigência em tudo e a uma ambição pragmática mas sem limites!

Artigo completo na edição em papel de 6 de Novembro de 2014, n.º 634

Partilhe a sua opinião connosco

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.