Economia / Empresas & Negócios

De Alcácer do Sal para todo o mundo

Pinhão Mais - Vitor Rosa

Empresa exporta 99% da produção de pinhão para a Europa, Ásia, África e América |Foto:Ângela Nobre|

Nasce em árvores que fazem parte da paisagem natural da Costa Alentejana, mas passa muitas vezes desapercebido, talvez por ser tão pequenino. À mesa, come-se seco e simples, especialmente em épocas festivas, mas também é usado em assados e saladas, sendo mais conhecido como ingrediente principal em doces tradicionais, como as alcomonias ou a pinhoada.

É em Alcácer do Sal que se encontra concentrada uma grande parte da produção de pinha nacional e talvez por isso tenha sido nesse concelho que foi criada, há cerca de 60 anos, uma das unidades fabris de descasque de pinhão mais antigas do país – a Pinhão Mais.

Ao todo, com as variações naturais dependentes da produção de pinha (muito dependente do clima) e da procura, passam pela empresa entre 100 a 120 toneladas de pinhão, 99% do qual com destino ao estrangeiro.

“Exportamos quase tudo para Espanha, Itália, França, Alemanha,  Suíça, Japão, Estados Unidos da América e também para países africanos”, adiantou o proprietário da empresa, Vítor Rosa.

O artigo completo na edição em papel de 20 de Julho de 2014, n.º 628

Partilhe a sua opinião connosco

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.