Economia

APS investe 400 mil em armazenagem em frio

Uma nova unidade de armazenagem em frio está a ser construída na ZAL de Sines, um investimento de 400 mil euros da Administração Portuária, que pretende assim dar resposta logística à circulação de mercadorias perecíveis.

João Franco - APS

João Franco, presidente da APS, com Sérgio Monteiro, secretário de Estado das Infraestruturas, Transportes e Comunicações |Foto:Ângela Nobre|

“A construção de uma nave logística com capacidade de armazenagem de produtos perecíveis em frio é importante para a dinamização comercial da região, para as importações e exportações e deverá estar pronto ainda este ano”, adiantou o presidente da APS, João Franco, no Dia do Porto de Sines, celebrado a 19 de Junho.

Este pavilhão pretende ser “um protótipo de unidade de frio, para aproveitamento da energia frigorífica do GNL, aquando da sua regaseificação”. Em complemento, pode ainda recorrer-se ao “sistema convencional de produção de frio, a partir da central fotovoltaica”, que deverá ser instalada na cobertura do pavilhão, num investimento adicional de 400 mil euros.

Constituído por dois módulos, estas novas infraestruturas têm uma área útil de perto de 1300 metros quadrados, estando previsto ainda um piso superior para serviços administrativos. A cobertura será preparada para receber 2 mil metros quadrados de paineis fotovoltaicos, com uma potência de 250 KW, vocacionada para a produção de frio.

Secretário de Estado das Infraestruturas, Transportes e Comunicações em Sines para homenagem a Consiglieri Pedroso

Consiglieri Pedroso - Sérgio Monteiro - APS

Consiglieri Pedroso com Sérgio Monteiro |Foto:Ângela Nobre|

O secretário de Estado das Infraestruturas, Transportes e Comunicações, Sérgio Monteiro, esteve em Sines para o descerramento da placa no Molhe Leste que perpetua o nome de Consiglieri Pedroso, ex-governante envolvido na negociação do processo de expansão do Terminal de Contentores.

Consiglieri Pedroso, que esteve envolvido nas negociações com a PSA para a concessão e desenvolvimento do terminal portuário de contentores em Sines, foi homeageado com a atribuição do seu nome ao Molhe Leste, uma iniciativa que recebeu com “surpresa” e “emoção”.

O artigo completo na edição em papel de 05 de Julho de 2014, n.º 627

Partilhe a sua opinião connosco

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.