Estórias com História / Local

O naufrágio de Milfontes

Estórias com História - Klemens

O trajecto, destino e finalidade da embarcação são desconhecidos |Foto: Ângela Nobre|

Naufragada ao largo de Vila Nova de Milfontes, esta embarcação já serviu de cenário para um anúncio publicitário, é alvo frequente das objectivas de fotógrafos de paisagem ou de turistas curiosos, convivendo com banhistas e pescadores há quase 18 anos.

Foi num dia de mau tempo, em Dezembro de 1996, que o rebocador holandês “Klemens”, terá embatido numa rocha entre a zona das Pedras do Patacho e a praia do Soldado, a norte de Vila Nova de Milfontes, para onde acabou por ser empurrado pela força do mar, lá ficando em repouso até hoje.

Com evidentes sinais de deterioração, pela exposição aos elementos da Natureza e à força das ondas, o que resta da embarção com mais de 20 metros são ruínas enferrujadas, que despertam a curiosidade de quem por ali passa e dão largas à imaginação dos mais românticos.

Mas sobre esta história não se sabe muito. A bordo estariam três tripulantes de nacionalidade holandesa, resgatados pelas autoridades marítimas na altura do naufrágio e que terão regressado ao seu país, sem que nunca tenha sido reclamada a embarcação pelo seu proprietário.

O artigo completo na edição em papel de 20 de Junho de 2014, n.º 626

Partilhe a sua opinião connosco

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.